top of page
Buscar

Everything as a Service (XaaS) é tendências de TI para 2023

A Gartner divulgou um relatório com as 10 maiores tendências estratégias da Tecnologia da Informação para 2023. E, entre essas tendências está a XaaS, ou como também é chamada, Everything as a Service.


Talvez você não esteja familiarizado com o termo, mas já deve ter usado algum tipo de XaaS sem se dar conta disso! Como, por exemplo, SaaS (software as a service) é o tipo mais conhecido de XaaS.


No decorrer deste conteúdo iremos explicar detalhadamente o que é Everything as a Service, os tipos que existem, as vantagens dessa estratégia e as outras tendências apontadas pela Gartner. Então, continue com a leitura até o final e fique por dentro de tudo!

O que é Everything as a Service (XaaS)?

Everything as a Service significa que “tudo” pode ser um serviço. Essa estratégia também é conhecida como “Anything as a Service”, ou seja, “qualquer coisa” como serviço.


Por ser algo abrangente, a sigla é XaaS. E, como na matemática, o X aqui também pode ser substituído por “qualquer coisa”, como você irá ver nos tópicos abaixo quando iremos abordar os tipos de XaaS.


O objetivo do XaaS é otimizar o serviço, de modo que também diminua os gastos com infraestrutura física para comportar serviços que podem ser feitos online ou digitalmente. Tendo a computação de nuvem como aliada, a XaaS garante maior agilidade, segurança e economia na execução dos serviços prestados pela empresa que usa essa modalidade.

Tipos de XaaS

Como citado anteriormente, o XaaS abrange diversos outros serviços. Esses serviços podem ser relacionados a comunicação, infraestrutura, network e muito mais! A seguir, você confere alguns tipos de XaaS.

SaaS

Indiscutivelmente, o SaaS é o modelo de XaaS mais conhecido e usado atualmente. Esse modelo entrega o software como um serviço.


Um dos SaaS mais usados hoje em dia é o Google Docs. Seja para o trabalho, atividades escolares ou até mesmo para anotações pessoais, o Docs é usado diariamente por dezenas de centenas de pessoas.


O que difere o Google Docs de outros tipos de ferramenta de produção de texto, é que no caso do Docs não existe a necessidade de baixar e instalar um programa, visto que esse é um software em nuvem.


Outro diferencial, e também uma vantagem, é que por estar em nuvem, tudo que você produz é salvo automaticamente. E mesmo se houver algum problema com seu HD, smartphone ou qualquer outra máquina que usou para produzir o conteúdo no Docs, o arquivo continua salvo na nuvem sem ser corrompido.

PaaS

Plataforma como serviço é uma ótima alternativa para empresas que precisam desenvolver projetos, mas que não querem lidar com custos muito altos e toda a burocracia da compra, configuração ou criação de uma nova linguagem.


Assim, o PaaS oferece recursos completos e seguros para o desenvolvimento de projetos, como de um novo aplicativo por exemplo. Com todos esses recursos estando na nuvem, o que diminui os gastos.

NaaS

Network as a Service, ou rede como serviço, é uma das ferramentas mais simples do XaaS. Para que ela funcione, basta ter um computador com acesso à internet e ao portal do provedor.


Através desse acesso direto à rede, o NaaS acaba interligando diversos serviços baseados na nuvem.

IaaS

O IaaS foi feito para diminuir os custos em infraestrutura física e aumentar a eficiência da empresa de modo geral.


De modo resumido, o IaaS é um data center digital que possibilita o gerenciamento à distância. Substituindo então, a necessidade de comprar equipamentos voltados para a tecnologia de computação.

MaaS

Essa é a sigla para monitoramento como serviço. Como o próprio nome diz, a ideia é monitorar os serviços de T.I de forma otimizada. Assim, tudo que é feito pela equipe de T.I. é monitorado em tempo real, 24h por dia.


Além de garantir a segurança de todos os dados da empresa, o monitoramento também melhora a performance dos serviços disponibilizados.

TaaS

Teste como serviço, ou teste on demand, como também é conhecido, representa a situação em que uma organização terceiriza o teste de outros sistemas. Ou seja, são feitas simulações em que o produto da empresa está sendo usado.

Vantagens do XaaS

Como você pôde ver, os modelos de XaaS podem ser aplicados em diversos setores de um negócio. E, em todos eles, o XaaS é implementado para auxiliar no dia a dia da empresa. Com isso, podemos dizer que esse modelo de serviço chegou para ficar, e é claro, com muitas vantagens.


Como, por exemplo, o aumento da produtividade. Visto que com o XaaS é possível trabalhar de qualquer lugar do mundo e em qualquer horário, a produtividade tende a aumentar.


Além de poder ter acesso a todos os dados necessários para que o trabalho seja feito, estes também ficam mais seguros. Por estarem na nuvem, o risco de serem corrompidos ou perdidos diminui consideravelmente.


Os custos da empresa também caem drasticamente, já que não é mais necessário investir em equipamentos, espaço para armazenamento ou mesmo manutenção.


O modelo XaaS também oferece alta flexibilidade, o que deixa o serviço mais equilibrado com a demanda da empresa.

Confira outras tendências de T.I para 2023

Agora, você confere, resumidamente, as outras tendências estratégias para 2023 apontadas pela Gartner!


É esperado que até 2027 o Metaverso seja usado por mais de 40% das grandes organizações em todo o mundo. Contanto com uma economia virtual própria, habilitada por moedas digitais e tokens não fungíveis (NFTs), o Metaverso é visto como uma grande tendência para o próximo ano.


A Gartner prevê que até 2025, 60% das organizações usarão cinco ou mais soluções Wireless. Mesmo já sendo muito utilizada, nenhuma tecnologia ainda domina as soluções sem fio.


A sustentabilidade tem ganhado cada vez mais visibilidade em diversos aspectos. E isso não poderia ser diferente na tecnologia. Os CEOs revelaram para a Gartner que a sustentabilidade agora é um dos pilares da tecnologia.


A Inteligência Artificial adaptável também está em alta para 2023. Isso porque elas usam feedback em tempo real para mudar seu aprendizado dinamicamente e ajustar as metas, o que garante uma resposta otimizada.


Outra previsão da Gartner é a utilização de imunidade digital. É previsto que até 2025 o período de inatividade do sistema das empresas que utilizem imunidade digital caia em 80%!


Ainda de acordo com a previsão da Gartner, é esperado que até 2027 mais de 50% da população global seja usuário ativo dos super aplicativos. O super aplicativo combina os recursos de um aplicativo, uma plataforma e um ecossistema em um único local.


A observabilidade aplicada dá às organizações a possibilidade de explorar seus dados, de modo que ganhem vantagem competitiva. Assim, as tomadas de decisão são mais precisas.


Com o objetivo de acelerar a entrega e otimizar a experiência do desenvolvedor, Gartner prevê que até 2026, 80% das organizações de engenharia de software estabelecerão equipes de engenharia de plataforma.


O que você acha dessas tendências? Já possui alguma dessas estratégias na sua empresa? Lembre-se quando o assunto for tecnologia, a Deploy Service e as demais empresas da Deploy IT Group estarão sempre aqui, aptas para te ajudar no que for preciso!

3 visualizações0 comentário
bottom of page